UPE e Unicap assinam acordo de cooperação acadêmica para criação de curso de pós-graduação no Campus Petrolina

O Campus Petrolina da Universidade de Pernambuco (UPE) vai oferecer o curso de Doutorado Interinstitucional (Dinter) em Ciências da Linguagem em conjunto com a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).

A parceria foi oficializada na manhã desta sexta-feira com a assinatura de um acordo de cooperação entre o reitor da UPE Pedro Falcão e o reitor da Unicap padre Pedro Rubens. O pró-reitor de Pós-graduação, Pesquisa e Inovação da UPE, Sérgio Campello, também participou da cerimônia realizada na reitoria da Unicap.

Serão oferecidas 12 vagas, com o edital previsto para ser divulgado já em novembro. A seleção será feita de forma remota, mas as aulas serão presenciais, com início em março de 2022. As vagas serão subsidiadas pelo governo do estado.

"Essa parceria é a primeira de uma série de ações que queremos desenvolver entre as duas instituições. O objetivo é ampliar a rede de ensino superior com qualidade no estado. E tenho certeza que, juntos, vamos avançar", disse o reitor da UPE Pedro Falcão.

Pelo acordo, a Unicap será responsável pela cessão dos professores, controle do alunado e projeto pedagógico já aprovado na Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), enquanto a UPE ficará a cargo da parte estrutural (salas de aulas e demais espaços físicos necessários) e da captação de estudantes.

A coordenação será atribuição dos professores Benedito Gomes Bezerra (Unicap) e Geyner Alves dos Santos Cruz (UPE). O acordo de cooperação acadêmica, científica e cultural terá vigência inicial de cinco anos.

Termina no dia 12 de outubro prazo para inscrição no programa PE no Campus, que vai conceder 100 bolsas a estudantes da UPE

Termina no dia 12 de outubro o prazo para inscrições no Programa de Acesso ao Ensino Superior de Pernambuco (PE no Campus), que vai destinar auxílio financeiro a estudantes oriundos da Rede Estadual de Ensino que cursem o ensino superior em instituição pública ou tenham previsão de ingresso ainda em 2021.

Das mil bolsas que serão distribuídas pela Secretaria de Educação e Esportes, 10% (100) caberão a aprovados no Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE) egressos da rede estadual de ensino, cuja terceira etapa tenha sido realizada na edição de 2020.

Todos os estudantes contemplados receberão por 12 meses uma Bolsa de Apoio à Permanência, no valor de R$ 1,1 mil. Passado este período, os selecionados terão R$ 440 por mais 12 meses como Bolsa de Manutenção. A quantia contribui com as despesas do curso, além de moradia, alimentação e transporte.

Os critérios para a definição de direito à ajuda financeira do governo do estado foram determinados pela Secretaria de Educação e Esportes e podem ser acessados no site www.educacao.pe.gov.br.

Os candidatos à bolsa devem ser residentes a, no mínimo, 50 quilômetros de distância da universidade, ter renda familiar inferior a 3 salários mínimos e com acesso à graduação por meio do ENEM 2020 ou SSA 2020.

O primeiro pagamento será realizado no mês de início das aulas do semestre letivo, desde que o bolsista tenha todos os documentos exigidos anexados e validados no sistema de acompanhamento do programa.

Além das 100 bolsas para o SSA da UPE, o PE no Campus vai destinar 200 bolsas de igual valor aos estudantes do Programa de Incentivo Acadêmico da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe).

Pró-reitoria de Desenvolvimento de Pessoas da UPE realiza ciclo de palestras sobre saúde e qualidade de vida em tempos de pandemia

A Pró-reitoria de Desenvolvimento de Pessoas (PRODEP) convida os servidores da Universidade de Pernambuco a participar de cursos online que ocorrerão na tarde desta sexta-feira (8). Serão três palestras em sequência, abordando temas de interesse em saúde e relacionamento nestes tempos de pandemia.

As inscrições devem sem feitas para cada palestra através de um formulário diferente, mas a transmissão será através do Google Meet em um único link: http://meet.google.com/dif-nkuq-fcm. Serão conferidos certificados.

A ação integra o projeto de extensão Viver Melhor na UPE.

UPE é a primeira universidade de Pernambuco a conceder título de Doutor Honoris Causa a Paulo Freire

A Universidade de Pernambuco é a primeira instituição de ensino superior do estado a ter Paulo Reglus Neves Freire no seu quadro como Doutor Honoris Causa. Um título que lhe deixaria muito emocionado, afirmou a pedagoga Ana Maria de Araújo Freire, viúva do patrono da educação brasileira, que participou de forma online da cerimônia realizada na manhã desta quinta-feira (7), na sede da reitoria da UPE.

“É um prêmio que novamente o liga às suas raízes pernambucanas e o liga aos estudantes, professores e ao reitor desta universidade. Paulo não teria feito a sua teoria se ele tivesse sido um homem de São Paulo ou do Rio Grande do Sul. Esse diploma tem um significado muito grande”, afirmou Nita Freire em seu discurso congratulatório.

Ela destacou a importância que Paulo Freire dava em aprender com as pessoas desvalidas e analfabetas. “Foi com elas que Paulo Freire aprendeu a ler o mundo. Ele foi um homem muito sábio. Para ele, filosofia não era trabalhar as ideias, mas trabalhar a existência humana”, disse a pedagoga.

No seu discurso, o reitor Pedro Falcão destacou a honra que teve em presidir uma cerimônia inédita entre as universidades pernambucanas ao conceder o título de Doutor Honoris Causa a Paulo Freire. Segundo ele, é impossível para qualquer professor não ter o educador falecido em 1997 como referência.

“Neste momento de trevas, a maior homenagem que podemos fazer a Paulo Freire é praticar o verbo ‘esperançar’”, disse o reitor. Além de Pedro Falcão, participaram da cerimônia a vice-reitora Socorro Cavalcanti e o coordenador de Extensão da UPE, Odair França.

UPE divulga lista de alunos que receberão auxílio financeiro de R$ 1 mil para compra de equipamentos

A Universidade de Pernambuco divulgou a lista dos alunos de cursos de graduação aprovados no edital Auxílio para Inclusão Digital - Modalidade Equipamentos. Ao todo, 340 estudantes receberão benefícios no valor individual de R$ 1 mil para aquisição de  equipamentos que auxiliem o desenvolvimento e a continuidade das atividades acadêmicas dos contemplados.

A lista e o termo de compromisso estão disponíveis para consulta no endereço http://www.upe.br/inclusao-digital-2021.html.

Puderam se candidatar estudantes que apresentassem renda familiar per capita mensal bruta de até 1,5 salário mínimo, não estivessem em um dos dois últimos períodos do curso e não tivessem recebido o benefício do edital nº 8/2020 de auxílio para inclusão digital.

A Pró-reitoria de Graduação (PROGRAD) alerta que não deve ser realizada nenhuma compra antes do recebimento de um e-mail com instruções sobre documentação e procedimento.

O recurso financeiro será concedido em uma única parcela de R$ 1 mil, através de depósito na conta informada pelo candidato, que terá 15 dias para enviar as notas fiscais dos equipamentos comprados.

Os estudantes que cometerem atos que configurem tentativa de fraude ou fraude durante o processo seletivo do Auxílio Inclusão Digital estarão sujeitos às responsabilizações administrativas e penais cabíveis.

Os alunos que atenderam aos critérios de seleção para este edital, mas que não conseguiram ser contemplados com o benefício, constituirão um cadastro de reserva, podendo ser classificados em outras chamadas.

LISTA DOS APROVADOS

TERMO DE COMPROMISSO