Setor de Mastologia do HUOC/UPE recebe reconhecimento internacional

O Setor de Mastologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC) agora integra o Breast Centers Network, a primeira rede mundial de centros clínicos exclusivamente dedicados ao diagnóstico e tratamento do câncer de mama.

O reconhecimento mundial foi oficializado neste mês de setembro com a entrega de um diploma ao chefe do serviço, o médico João Esberard, regente da disciplina de Mastologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade de Pernambuco (FCM/UPE) e responsável pela Residência Médica em Mastologia.

“Entramos em um seleto grupo de serviços de mastologia que vai nos possibilitar a troca de informações, participação em eventos e intercâmbios de especialistas”, afirma João Esberard.

Para ser aceito como membro, o serviço de mastologia deve atender aos parâmetros estabelecidos pela entidade, que foi criada pelo Escola Europeia de Oncologia para promover diagnósticos mais rápidos e tratamentos mais efetivos contra o câncer de mama.

No Brasil, somente 11 serviços integram o Breast Centers Network, sendo o do HUOC o segundo do Nordeste. A equipe pernambucana é formada por 13 integrantes, sendo sete mastologistas, dois oncologistas clínicos, patologista, radioterapista, psicólogo e fisioterapeuta.

Entre junho de 2020 a junho de 2021, o Setor de Mastologia realizou 19.374 procedimentos, distribuídos entre consultas (8.350), procedimentos laboratoriais (569), quimioterapias/hormônio (9.601) e cirúrgicos (854). Por ano, o número de novos casos de câncer de mama tratados gira em torno de 200.

O serviço foi instalado no Hospital Universitário Oswaldo Cruz em meados da década de 1980. O HUOC integra o Complexo Hospitalar da Universidade de Pernambuco.